CANÁRIOS

Canário de Cor

Linha clara sem fator – Brancos, Amarelos Linha clara com fator – Vermelhos, nevados, intensos e mosaícos Linha escura sem fator – Ágatas, Isabéis, Acetinados, Verdes, Canelas, Azuis, opalinos, etc.. Linha escura com fator – Cobres, Ônix, topázios, Opalinos, Ágatas, Canelas mosaícos, Feo Rubino, Acetinado, etc..

Gloster

Gloster As origens para o desenvolvimento do Gloster parecem resultar do cruzamento entre os “Crested Roller Canaries” e os “Smallest Borders” (SMITH, A.W., The Gloster Fancy Canary), associando desta forma as características do topete e porte, conjuntamente com os canários Harzer (estes classificados como canários de canto intenso). No entanto, actualmente esta raça tornou-se bastante diferente das suas origens e distinguem-se dois tipos: os Corona (com poupa/coroa) e os Consort (sem poupa/coroa).

Topete Alemão

O Topete alemão pode ser sem fator e com fator e tanto linha clara e linha escura  

Tudo começou em março de 1964, na antiga Rua do Xaxim, atualmente Avenida Brasília, no bairro Novo Mundo em Curitiba, quando o Sr. Alvari Gogola, conheceu a Sra. Marilda Josefina Zapela que então cuidava dos canários do seu irmão Cláudio Zapela, deste encontro promovido através do interesse por canários, resultou em um namoro de 8 anos e futuramente veio a ser consolidado em matrimônio. Desde o início do casamento o Sr. Alvari e Sra. Marilda sempre tiveram e criaram canários em sua residência, mas a partir de 1984 decidiram especializar-se como montar uma loja virtual na arte da criação aumentando e aprimorando seu plantel. Atualmente o casal é um dos maiores criadores do Estado e mantém um plantel selecionado, e contam com aproximadamente 2.500 aves, sendo 200 casais de matrizes que geram uma criação média anual de 1.600 canários. Com estes 25 anos de experiência o casal ficou conhecido no meio da canaricultura, sendo que hoje servem de modelo e inspiração para diversas pessoas iniciarem nesta atividade. Atualmente são registrados no Clube Ornitológico de Matinhos no Paraná e na Sociedade Paranaense de Canaricultura e Ornitologia.

SOBRE A EMPRESA

O criadouro conta com uma área de aproximadamente 150m2 para criação e exposição das aves. Para melhor reconhecimento e profissionalização no meio, o criadouro constituiu personalidade jurídica, com CNPJ próprio e possibilidade de vendas oficiais em todo o território nacional



Marilda Josefina Zapela Gogola CIC-113 Canaricultores Independentes de Curitiba SPCO – 549 – Sociedade Paranaense Canaricultura e Ornitologia



Alvari Gogola COM – 029 - Clube Ornitológico de Matinhos


Processo Criadouro

Card image cap

Acassalamento

O acasalamento acontece entre junho/agosto; O casal de canários fica separado por Divisórias na Gaiola Criadeira entre 05 a 08 dias; Após esse período é tirado a divisória.

Card image cap

Choco

Período de Choco é de 13 dias.

Card image cap

Postura

Inicia-se a postagem de ovos que dura 4 dias, normalmente pela manhã; A fêmea bota até 04 ovos por postura.

Card image cap

Eclusão

É o momento que o filhote sai do ovo.

Card image cap

Ninhagem

Os Filhotes permanecem com os pais por um período de 30 dias onde serão alimentados; Após este período os Filhotes podem ser separados dos pais.

Card image cap

Troca de Penas

A troca acontece após 90 dias da eclosão.

Acessórios

Gaiolas ornamentais, confecção de madeira, arame e fibra; Criadeiras de arame; Bebedouros; Comedouros; Ninhos. Alimentação: Sementes e farinhadas em geral.










Galeria de fotos

Contato 

Contato

VISITAcontador de acesso